Central do Associado

News

É tempo de transição: diretoria se despede da gestão da Unat-Brasil

01.10.2020

Encerrando o trabalho na gestão da associação, a diretoria do triênio 2017-2020, a ex-presidente do Conselho Deliberativo e a editora-chefe da Rebat fazem um balanço das atividades realizadas. Matéria produzida para a edição especial do Opcões, que abre o período da Primavera com a publicação de pequenas entrevistas com cada um dos voluntários como uma forma de homenagem e agradecimento. Os depoimentos foram coletados pela analista transacional Silvana Maria de Jesus.

 

Vitor Merhy
Presidente

Quais ações realizadas por sua equipe você gostaria de destacar nesta gestão?
Cada Diretoria teve participação importante e eficaz no decorrer desses três anos.
Docência – principalmente a implementação com sucesso do novo formato do exame de Certificação;
Administrativo – organização e acompanhamento dos trâmites administrativos, bem como a estruturação de nossa biblioteca para venda de livros, destacando-se também a atualização dos números de nossos associados;
Financeiro – recuperação dos recursos financeiros da associação que passaremos à nova administração, destacando a flexibilidade em negociar com nossos associados para que pudessem permanecer na Unat;
Científica – continuação da impressão de nossa Rebat, lançamento da coletânea de artigos de Claude Steiner (um primor de publicação!) e revisão do livro Prêmios 1 para republicação.
Comunicação – modernização, criatividade, agilidade e constância na comunicação com nossos associados, o que propiciou maior integração e pertencimento entre os diversos membros da Unat; e a negociação para o lançamento do Prêmios III, já em andamento.
Ética – atuação equilibrada nos momentos em que necessitou intervir.

Como esta experiência contribuiu para sua vida?
Esta experiência foi o coroamento do meu caminhar de mãos dadas com a Análise Transacional, desde 1972, tanto pessoal quanto profissionalmente.

Você sente que existem ações/ideias que poderiam ter sido realizadas, mas não foram, e que ficam como sugestões para a próxima gestão?
Creio que deixamos para a próxima gestão a possibilidade de aprimorar o que realizamos e continuar criando mecanismos para manter viva a Unat e em crescimento. Iniciamos com o foco direcionado para a base de nossa associação, composta de membros associados, regulares e certificados e sugerimos que permaneçam criando mecanismos de inclusão e expansão.

Quais são as suas palavras de despedida?
Deixo aqui meus agradecimentos aos integrantes desta Diretoria pelo empenho, criatividade, inovação e persistência durante estes três anos. Agradeço também à comunidade de associados que me elegeu e aos meus companheiros de Direção, esperando que tenhamos contribuído para o crescimento da Unat.

 

Marília Márcia Santos Pereira
Vice-presidente

Quais ações realizadas que você gostaria de destacar?
Revisão dos exames de certificação, publicações importantes para formação dos analistas transacionais, revisões e atualizações de publicações, mudanças nos estatutos e manuais. construção de uma comunicação próxima c o associado. atualização dos cadastros de associados.

Como esta experiência contribuiu para você?
Contribuiu no fortalecimento da ideia da AT como uma filosofia de vida que aplico no meu dia a dia. E na vida profissional aprendi muito e me ajudou no desenvolvimento do trabalho como psicoterapeuta e Didata.

O que fica como sugestões para a próxima gestão?
É importante continuar o avanço das relações com os associados e na busca de novos, e avançar na estruturação dos cursos online.

Como se despede desta função?
Despeço-me com o coração cheio de satisfação e gratidão pela caminhada com esses(as) companheiro (as) e amigos(as) analistas transacionais de quem tanto me orgulho.

 

Jane Maria Pancinha Costa
Diretora de Docência e Certificação

Quais ações realizadas por sua equipe você gostaria de destacar nesta gestão?
Provavelmente a ação mais desafiadora da Docência, além da adequação ao momento de pandemia, foi o desenvolvimento, treinamento e implementação dos exames escrito e oral para Certificação. Foram inspirados no modelo de certificação da ITAA e da EATA e adequados às especificidades brasileiras. Uma mudança assim, de cultura, na certificação, requer um treinamento e um plano de adesão que foram construídos por Didatas e Didatas em formação com nossa coordenação - da Ede Lanir Ferreira e minha.

O que esta experiência agregou a você?
Costuma ser um grande desafio e, também, uma oportunidade de contribuir com a associação que me representa e aprender na caminhada. Assim foi, por um período de três anos de intenso trabalho, no qual tornamos, também, todo o processo de registro de contratos e exames informatizado. Aprendi pessoal e profissionalmente com os incentivos e limites necessários ao longo da abundante partilha na diretoria e com os membros da associação.

Há sugestões para a próxima gestão?
Certamente. Fizemos nosso possível neste período. Seguem outros tantos desafios, como a continuidade de revisão e elaboração dos programas nas áreas específicas para contemplar as competências necessárias a um profissional da Análise Transacional. A partir disso, continuar a atualização do regulamento de Formação. Estes são exemplos de sugestões para a próxima gestão.

Como se despede da sua atividade dos últimos três anos?
Gratidão é a palavra, pela confiança dos membros da Unat no trabalho da Docência, pela forma como a diretoria foi conduzida sob a maestria amorosa, respeitosa e assertiva de nosso presidente. Gratidão por todos os momentos de aprendizado no time.
A outra palavra é meu desejo de sucesso a esta turma tão potente e entusiasmada que assume a direção de nossa associação neste novo triênio.

 

Maria Imaculada Gonçalves de Almeida
Diretora Administrativa

O que pode destacar nesta gestão?
A digitalização do fluxo de registro de contrato, a organização dos fluxos administrativos, a organização e manutenção do acervo de livros, dentro outras.  O grande destaque é para o trabalho parceiro proporcionado pela Marta, Diretora Financeira, na criação e aplicação de soluções OK-OK.

Como esta experiência contribuiu em sua vida?
A experiência essencial é a oportunidade cotidiana de aplicação dos pressupostos da AT nos diversos níveis e aspectos. Um belo desafio, uma vez que quase todo o nosso trabalho envolve relacionamento com pessoas cada qual na sua singularidade, Quadro de Referência, percepção e contribuição.

Tem sugestões para a próxima gestão?
Acho que a equipe conduziu bem e tenho certeza que a próxima equipe fará um belo trabalho. Acredito na cocriação e o trabalho colaborativo é AT pura! Sonhei e continuo sonhando com nossa associação grande, poderosa e conhecida.

Qual a sua mensagem para toda a comunidade AT?
Sou analista transacional, a AT é teoria com a qual trabalho e vivo. Gosto de pensar em nossa associação como o centro e disseminação de conhecimento. No papel de diretora ou de associada, é por aí que pretendo seguir.

 

Michelle Thomé
Diretora de Comunicação

O que considera importante contar sobre a sua gestão?
A primeira ação que tomei foi fazer uma pesquisa sobre a comunicação da instituição entre os presentes do Conbrat, em Porto Alegre. O objetivo era ter subsídios para o planejamento estratégico da área. Minha segunda ação foi convidar estudantes e analistas transacionais de diferentes pontos do Brasil para compor a Comissão de Comunicação. Eu almejava um time com habilidade, sotaque, idade e gênero diversos (destaco a valorosa contribuição do Jeffersonn, da Mariana, da Silvana e da Simone). A terceira foi reforçar o time de fornecedores de Marketing: já contávamos com a agência Raio Z, de Porto Alegre (RS), e contratamos a i34, de Blumenau (SC). A partir da compilação e análise dos resultados da pesquisa, a Comissão estipulou como metas:

  • a confecção de uma edição do informativo Opções por mês, enviado por email e publicado no site a cada dia primeiro do mês;
  • a criação das propagandas e certificados dos cursos AT-101 (na cor bronze), AT-202 (na cor prata) e AT-303 (na cor ouro) e um mecanismo online de solicitação destes materiais;
  • a criação da propaganda dos cursos de pós-graduação em AT;
  • a produção da carta de boas-vindas aos novos associados;
  • a produção da carta de parabenização pela certificação em AT;
  • a produção da carta de parabenização pelo endosso no SED;
  • a produção da carta anual de feliz aniversário ao associado;
  • a publicação diária de uma mensagem nas redes sociais da associação: Facebook, Linkedin e Instagram (que foi criado nesta gestão);
  • a atualização mensal do site;
  • a atualização do canal no Youtube;
  • a criação de grupos de trocas em AT no Whatsapp para associados, membros regulares, certificados e especialistas e a manutenção do grupo dos MDs e MDFs;
  • o envio de matérias do Brasil para o informativo Script, da ITAA;
  • as respostas às mensagens de todos os canais de comunicação da associação em até 24 horas, a partir do recebimento;
  • a promoção as campanhas de aniversário da instituição para fortalecer o sentimento de pertencimento dos associados;
  • o suporte de divulgação dos eventos anuais oficiais e também os promovidos pelas comunidades regionais de AT.

Todas estas metas foram cumpridas. Além disso, a Comunicação se engajou fortemente na realização de um fundo de captação coletiva de recursos para a impressão de uma Rebat especial com uma coletânea de artigos de Claude Steiner, publicada em 2019, e para a elaboração do livro Prêmios III, que será lançado em 2021.

Como esta experiência te marcou?
Estes seis anos de dedicação à UNAT-Brasil foram a maneira que encontrei para devolver ao mundo os benefícios que a AT me trouxe.

Há ideias que poderiam ter sido realizadas, mas não foram, e que ficam como sugestões para a próxima gestão?
Duas ideias não avançaram. Eu gostaria de ter me dedicado mais ao incentivo da produção de vídeos com conteúdo de AT para o canal do Youtube. E, nos últimos meses, por causa da pandemia, vi a proliferação das lives e tive o desejo de fazer algo institucional da Unat-Brasil, mas não segui ir adiante com a ideia. Fiquei feliz em ver alguns associados dedicando-se às lives.

Que palavras quer deixar para os associados?
Agradeço o espaço criativo e realizador que tive. Agradeço a possibilidade de conhecer a base de AT no Brasil, ao fazer parte da estrutura diretiva. Acredito que fez muita diferença no meu aprendizado entender o Script organizacional da AT ao fazer parte da Diretoria.

 

Marta Beatriz Horn Schumacher
Diretora Financeira

Quais ações realizadas você gostaria de destacar nesta gestão?

  • Transferência da sede da nossa secretaria para Curitiba. Organização de todo o material e livros.
  • Contratação de novo colaborador para conduzir as ações dentro da secretaria.
  • Procedimentos definidos para otimizar os trabalhos junto aos associados. Logística de informações e certificados. Novos modelos de certificados.
  • Resgate de muitos associados afastados, com flexibilização e negociação das anuidades atrasadas.
  • Formações e publicações que foram feitas neste período.
  • Novo formato do Processo de Certificação de associados que foi amplamente trabalhado.
  • Pagamento de contas atrasadas (DARFs e Publicidade) e gerenciar bem o recurso para sobrar dinheiro em caixa e repassar para a próxima diretoria.
  • Criação do jornal Opções e seu formato alegre, informativo e mensal.
  • Oferta de serviços da agência i34 para todos os associados que quisessem produzir seus flyers de divulgação de cursos.
  • Conquista de artigos do Steiner e transformação em livro e lançamento durante Congresso em Uberlândia.
  • Atendimento rápido aos associados na maioria dos casos, na área Financeira.
  • E muitos outros itens que os colegas apontaram.

Como esta experiência contribuiu para para você?
Conheci muitas pessoas. Contribuiu na compreensão de processos de organização interna, relacionamento pessoal e profissional, me fez amigos e parceiros. Gratificou pela ajuda que pude dedicar à Unat por meio de alguns serviços na Diretoria Financeira. Compreendi alguns serviços bancários a mais, estreitei relacionamento com parceiros de longe e de perto.

Tem sugestões para a próxima gestão?
O site da Unat, principalmente a plataforma de pagamentos e controles precisa ser aprimorado. Melhorar ainda mais alguns procedimentos internos. Estudar e rever o Estatuto da Unat, no qual há algumas inconsistências.

Como se despede desta função?
É com o coração repleto de gratidão que me despeço de todos aqueles que durante este tempo me acompanharam neste desafio. E foi um desafio, maior do que eu havia estimado. Mas chego até aqui, na certeza de ter feito com cuidado, esmero e dedicação e responsabilidade a gestão da pasta das finanças da Unat. Passamos juntos, essa diretoria, momentos de agruras e sérias decisões, mas também desfrutamos de bons momentos com esta experiência e com certeza saio com maior maturidade desta caminhada. Desejo sucesso aos que chegam e assumem o “volante” da Unat, e me coloco a disposição para quando puder contribuir de alguma forma. Abraço!

 

Sonia da Fraga Peixoto Nogueira Pedreira
Diretora de Ética

O que destaca na sua gestão?
Acredito que um dos pilares da Ética é poder informar aos membros sobre a importância de seguir o nosso Estatuto como balizador de ações e publicações, principalmente hoje, neste momento singular em que nossos contatos estão sendo muito estabelecidos por meio das redes sociais. Nesse sentido, buscamos atuar para orientar todas as vezes em que houve algum tipo de discordância com nossas normas estabelecidas e vigentes, procurando partir sempre do princípio de que tal ação foi basicamente por desconhecimento ou descuido. Vale ressaltar que sempre tivemos reciprocidade em todos os casos em que atuamos e a satisfação de ver as correções serem devidamente feitas e a não reincidência do ato praticado. Sempre buscando deixar claro que não se tratava de algo pessoal e sim da busca do estabelecimento e unificação das normas vigentes, visando o bem-estar coletivo e o fortalecimento da nossa Unat.

Como esta experiência te marcou?
Participar da Diretoria, um grupo singular, solícito e muito cooperativo, me permitiu vivenciar o princípio de Oqueidade grupal em todas as reuniões e suas demandas respectivas. Atuar como diretora me possibilitou colocar isto em prática, bem como convidar a pessoa, que de alguma maneira estava desrespeitando, mesmo que involuntariamente, algum das nossas normas de procedimento, à tomada de consciência e que isto não afetasse o seu padrão de Oqueidade nem o seu convívio salutar com a associação.

Há sugestões para a próxima gestão?
Sinto que fizemos um trabalho importante para a nossa associação e que temos muito a fazer. A ideia de poder participar e contribuir com a nova diretora me anima a continuar colaborando pelo engrandecimento e os ajustes que sempre surgirão em função de novas demandas e adaptação às novas realidades. Creio que este processo é dinâmico, frequente e que sempre é possível alcançar soluções cooperativas, e que este convém ser o lema das pessoas que assumem cargos na Unat.

Deixe uma mensagem para os associados...
Gratidão a todos os membros que deram o seu melhor para alcançarmos o atual patamar evolutivo da AT no Brasil e o bom conceito da nossa associação. Agradeço também à disponibilidade dos colegas para continuarmos contribuindo, ocupando ou não cargos na Diretoria, para a manutenção da nossa coesão e prática da filosofia da AT.

 

Ede Lanir Ferreira
Editora-chefe

Qual o significado desta experiência?
A Unat sempre contribuiu para minha vida pessoal e profissional. Gosto das trocas e partilhas que vivenciamos.

Que mensagem gostaria de deixar aos associados?
Sigamos em frente. Temos muito a oferecer e crescer.

 

 

Maria Clara Ramos Grochot
Presidente do Conselho Deliberativo (2016- 2019)

O que estas experiências significaram?
Todas estas experiências foram desafiadoras e de muito aprendizado. Abracei este trabalho voluntário doando tempo e dedicação para a Associação, o que me proporcionou uma vivência muito rica de trabalho em equipe, construções coletivas realizadas em sintonia, comprometidos com os objetivos estabelecidos para desenvolvimento e crescimento da Unat, com ações planejadas e implementadas dentro das possibilidades.

Que mensagem quer deixar para a comunidade de AT?
Meus cumprimentos a todos participantes da Diretoria que contribuíram de forma criativa, com competência e dedicação em suas atribuições durante a gestão.
Continuarei colaborando e zelando pelos princípios éticos da Unat e desejando que ela continue crescendo e se expandindo, podendo promover a Análise Transacional no Brasil com qualidade e consistência técnica e científica. Agradeço pela confiança depositada em mim a todos os associados que de uma maneira ou outra colaboraram com esta construção e prezam pelo crescimento e desenvolvimento da Unat.
Meu muito obrigada a todos! Meu carinho!

 

Mary Luce Mariano de Souza Melazzo
Diretora Científica e nova presidente eleita

O que considera relevante nesta gestão?
O que destaco foi que, com o acréscimo do cargo de Editor Chefe, assumido pela minha querida Ede, me senti mais segura. Juntas trabalhamos sempre em muita sintonia, o que colaborou significativamente para continuarmos proporcionando qualidade e efetividade na produção da Rebat com tudo que ela demanda. Destaco que consegui uma parceria com uma gráfica em Uberlândia (MG) que ofereceu - desde o início - um trabalho efetivo e de alta qualidade com um valor aceitável para o nosso orçamento.  Algumas edições do Opções trouxeram chamadas que incentivaram os membros da Unat a colocar no papel sua contribuição científica à nossa teoria. Destaco a idealização, por parte da nossa querida Michelle, diretora de Comunicação, o evento “Noite de autógrafos”, com o objetivo de abrilhantar os eventos anuais e reconhecer a importância do trabalho científico dos nossos autores. Foi realizado, e será entregue agora no final da nossa gestão, uma reedição do livro Prêmios 1 que contou com a colaboração efetiva da nossa querida Marília na revisão do conteúdo. Fizemos, eu e Ede, um pente fino para que o exemplar pudesse chegar o mais atualizado possível aos leitores.

O que esta experiência deixa contigo?
A experiência neste cargo de diretora Científica me proporcionou muito crescimento. No âmbito profissional, aprendi a olhar para a Ciência com mais respeito ainda do que já o fazia. Aprendi que esta é uma pedra preciosa no desenvolvimento cada vez maior da nossa teoria. Tive aprendizados ao ler cada produção, e, mais ainda com as avaliações dos nossos colaboradores, que com tanto carinho dedicam um tempo em suas agendas para agregar suas contribuições. Aprendi a buscar no mercado opções viáveis, aprendi a negociar com a gráfica e todo o processo de produção de uma revista. No âmbito pessoal, aprendi a entender e respeitar todo o tempo que demanda esse processo, o meu e o dos demais envolvidos.

Você foi eleita presidente da próxima gestão. Antes de assumir o novo cargo, que mensagem quer deixar aos associados?
Me despeço desta função me sentindo realizada com o que pude colaborar, me sentindo mais pertencente à comunidade da Unat. Me despeço agradecendo a parceria de todos com quem convivi durante toda a gestão, são pessoas do bem e maravilhosos profissionais. Me despeço dizendo que vale muito a pena passar por essa vivência de aprendizado.

Quais são suas expectativas e metas, como presidente, para esta nova etapa da gestão da Unat-Brasil?
Em primeiro lugar, quero agradecer a confiança dos membros da Unat em mim. A minha expectativa é que seja uma gestão bastante produtiva, baseada em muita assertividade, amorosidade e reconhecimento. A equipe que comporá a vice-presidência, diretorias e conselho deliberativo são pessoas do meu coração e que terei muito prazer na convivência ao longo da nossa caminhada. Não venho nesse momento fazer nenhuma promessa, e sim dizer que estou bastante motivada, alegre e disponível para exercer o cargo a mim confiado. Farei o que for necessário, respeitando minhas limitações e a dos meus amigos que compõem a equipe. Tenho muito desejo em oferecer o que de melhor tenho, para que nossa amada Unat continue alçando voos cada vez mais altos. Uma das variáveis que me deixa mais tranquila e segura é ter, em primeiro lugar, participado da gestão anterior, e isto faz a diferença em estar a par do panorama atual da instituição, e saber que a Unat hoje se encontra bem estruturada e com funcionamento bem bacana. Os ajustes sempre necessitarão ser feitos, pois a perfeição não nos move ao desenvolvimento. Enfim, me sinto feliz, honrada e agradecida, por poder compartilhar com esta instituição que fez e faz diferença significativa na minha vida pessoal e profissional, desde o momento em que fui a ela apresentada. Termino minha reflexão percebendo em mim sensações de bons fluidos!

Voltar